Sistema de Soluções para Gestão de Faturamentos SUS e Conexão Datasus.


Categoria: Medicina do Trabalho
Em 09/11/2015 Medsystem Publicou
software medicina ocupacional sistema para medicina e segurança do trabalho
Pessoas que trabalham por muitas horas têm maior risco de AVC
 
 
Existe uma vinculação estatística entre muitas horas de trabalho e risco de acidente vascular cerebral. Trabalhar mais de 55 horas por semana está associado a um risco um terço maior de acidente vascular cerebral em comparação a trabalhar de 35 a 40 horas por semana.
 
Cientistas liderados por Mika Kivimaeki da University College London (Reino Unido) examinaram os efeitos de horas de trabalho mais longas na frequência de doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral. A metanálise da doença cardíaca coronariana incluiu dados de cerca de 604 mil participantes do estudo, e a metanálise de acidente vascular cerebral foi composta de dados de quase 529 mil mulheres e homens; acompanhamento total foi de 5,1 milhões de pessoas/ano, respectivamente 3,8 milhões de pessoas/ano.
 
O efeito negativo de muitas horas de trabalho é impressionante - principalmente em termos de risco de AVC. Aqui, os pesquisadores registraram uma associação de resposta à dose: em comparação com pessoas que trabalhavam de 35 a 40 horas por semana, aqueles que trabalhavam entre 41 e 48 horas tinham um risco dez por cento maior de acidente vascular cerebral (estatisticamente não significativo). No grupo dos que trabalhavam de 49 a 54 horas por semana, o risco de acidente vascular cerebral aumentava em 27 por cento (estatisticamente significativo). Foi encontrado um aumento de um terço em taxas de acidente vascular cerebral entre pessoas que trabalhavam 55 horas ou mais por semana.
 
 
Fonte: thelancet.com acessado em 09/11/2015
 

Voltar

   Empresas       Contato       Comercial       Catálago